Idéias para um meio ambiente limpo
 

„Metais pesados
 são precipitados“

Remoção de Metais Pesados

Para eliminação de metais pesados, várias etapas processuais devem ser combinadas. Primeiramente, os metais pesados são concentrados em um trocador de íons. Quando a capacidade de troca iônica for esgotada, este trocador é reativado. O efluente resultante passa para um tratamento de água de vários estágios. No início, produtos químicos de precipitação apropriados são adicionados e realiza-se um controle do pH da água. Estas medidas fazem com que ocorra reações químicas e precipitação de metais pesados e sulfatos em solução.

Os precipitados são conectados a micro-flocos pela adição de floculantes apropriados. No floculador em sequência, os micro-flocos aglomeram-se em macro-flocos e são alimentados a um separador de placas onduladas. O lodo sedimentado é concentrado em um clarificador e prensado em um filtro prensa, para um teor de humidade residual inferior a 50%.

A água cristalina que sai do separador de placas onduladas é tratada separadamente. Neste caso, os sólidos finos são retidos, os quais não são sedimentados no separador. Portanto, a água flui com o fluxo de água principal de volta para o trocador de íons.

Este sistema é composto por duas unidades diferentes, que são preenchidas com resinas seletivas adequadas para troca iônica para a remoção dos metais pesados. Na troca iônica, íons metálicos da água bruta e que não foram capturados nas etapas de precipitação e floculação do efluente de lavagem são retidos. No fim do tratamento, a água flui através de um controle de pH.

Áreas de atuação

  • Cromo III e IV, níquel, zinco, cobre, chumbo, cádmio, arsênio, mercúrio e outros metais pesados
  • Cianetos, sulfatos

» PDF-Version