Idéias para um meio ambiente limpo
 

„Desidratação de lama com
 filtro prensa“

Câmara de Filtro Prensa

Lodos de baixa viscosidade são produzidos em uma variedade de processos, por exemplo, em tratamento de esgoto doméstico, em descontaminação de lagos, em vários processos de floculação e tratamento de efluentes industriais, assim como na indústria alimentícia. O lodo deve ser destinado para disposição final e, portanto a desidratação é necessária.

Um método possível para a desidratação de lodos é a prensagem em câmaras de filtro prensa. Neste caso o lodo fino é pressionado em lotes e com alta pressão entre panos, formando-se placas. O lodo permanece entre as placas sob a forma de um bolo úmido com cerca de 2-3 cm de espessura. O filtrado passa através dos furos das placas e pode ser alimentado aos processos de purificação de água ou eliminado. Durante o movimento das placas, o lodo prensado do filtro prensa cai em recipientes designados para tal fim. Dependendo da qualidade e da origem do lodo, devem ser adicionados produtos químicos que suportam a desidratação e se ligam aos poluentes do lodo.

A grande vantagem de filtros prensa é que é possível uma drenagem resistente à perfuração, e em parte, superior a 70% de conteúdo de matéria seca. Assim, outros métodos de disposição final são possíveis, e que não seriam viáveis para lodos líquidos. Os custos de eliminação são significativamente reduzidos, uma vez que as massas a serem eliminadas também são menores.

Áreas de aplicação

  • Tratamento de esgoto doméstico
  • Descontaminação de lagos
  • Indústria química
  • Indústria alimentícia

» PDF-Version